Choro no sonho

Você não sabe como vai fazer isso e você não sabe como vai acontecer. A realidade a todo momento entra nisso, interrompe a alucinação. É sempre difícil. Eu acho que estou tentando justamente lutar um pouco contra o que pode ser uma nova vida. É que agora é diferente porque eu sou mais velha e mais indefinida.

Não faz nenhuma diferença. Eu ainda tenho que encontrar algo interessante dentro de cada cor que emocione. Mantenho  a sua parcial distância e disponho de pequenas barreiras invisíveis ao redor de mim. Exalo um ar de respostas irresponsáveis.

Leva, conduz, deixa.

Posso parecer dura e autocontrolada. Praticamente um iceberg. Sob essa fachada um sentido emocional prévio e umas boas dificuldades. Ela aprendeu a sobreviver e gosta de tulipas azuis, cantarola baixinho.

Choro no sono e ardo um pouco. Eu executo isso como uma maneira de seguir meus quereres. Estou interessada em muitas coisas e se me permite caminhar para qualquer muro com a luz da hora do almoço e dizer: “oi, posso tirar sua fotografia?” E, portanto, “posso me tornar parte de sua vida ou você pode se tornar parte da minha?” Precipitações. Impaciências.

Da minha vida? Talvez eu também não saísse comigo em uma noite de sábado.

IMG_20170728_105821595

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s