Leve

Arrumou suas coisas na bolsa, pensando em como ter menos e ser mais simples.

Deve ser leve precisar de menos objetos, e, principalmente, menos objetos na bolsa. Faz um caminho para ter pouco, cada vez menos. Qualquer felicidade excessivamente buscada fora de nós é absolutamente temporária, pensa naquela frase que acabou de ler.

Ter muitas coisas devia ter um motivo. Só que não conseguia descobrir se era uma forma de romper o isolamento, de se sentir um pouco menos solitária. Ahn, mas entender o motivo ajudaria a ficar mais leve e a escolher alguns motivos que expliquem suas ações. Ignorar não estava adiantando. Mas agora que resolveu ela iria em cada detalhe de si mesma para isso. Ela sentiu um impulso maior no que diz aos seus assuntos pessoais. Se sentir leve. Como essa bolsa pesa, pensou.

Preciso de bolsas menores, preciso precisar menos. O acúmulo é cansativo, e eu já estou cheia de andar capengando.

 

 

.

ffff

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s