Tristes trópicos

E lá foi-se, disposta a encontrar uma forma de se expressar com a maior clareza possível. Seja descritiva. Desceu as escadas com aquela leve palpitação. Bom vê-lo caminhando na sua direção, momento de um olhar o outro por inteiro. Abraço apertado, suspiro dobrado, fique à vontade, vamos subir (suspiro). Bom estar aqui novamente. Mochila de um lado, olhar do outro, pé no chão, copo de água. Muita coisa pra contar, estar perto. Alma responsável por facilitar tudo para todos. O mundo complica, você tenta o simplificar. Observa melhor a arquitetura dos pensamentos como se isso fosse lhes garantir mais força individual.

Pode até ser assim (os óleos essenciais de cipreste, cedro e canela podem ajudar a trabalhar o desapego).

Pelo menos aqui nestes tristes trópicos que emulam a antiga Roma, que com pão e circo resolviam todas as inquietações e desejos, e mantinham o povo sob alegre cabestro; entre todas as severidades e restrições, bastante circo, nesse horripilante carnaval. Circo, postes e muito povo du bem.

Assim mesmo quer fazer tua alma, entre todas as severidades e amarguras existenciais, de vez em quando enfiar o pé na porta e declarar: vem. Sufoca e volta.

confe-630x3503

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s