E então você me fez uma pergunta que eu não vou esquecer: e se o adorar for capricho? A gente se esforça para perceber o que é essencial e necessário,  nos ajustando e fazendo que nosso ajuste assim  seja sentido, notado. A gente é feito de coisas penetráveis que sondam todos os recessos em nossas almas. Não gaste sua força em um vaidoso vazio.

Da varanda dá pra ver alguns telhados, podemos ver a lua subir acima das nuvens, podemos ver o céu se encher de cores quando escurece. A inconformidade é um impulso, um beliscão. Um mínimo de inconsciência é necessária para as noites que poderiam ser mais frias ou que a gente poderia estar mais juntosEnfrentar como que a uma colisão de frente e tentar nos tornar o que pensamos que somos. Seus lados obscuros e eventuais mortes são insondáveis ​​para a psique descontroladamente otimista do enlouquecido. Você tem alguém para pedir conselhos?  Mesmo que meio atravessada, como todo novo amor, a forte promessa de uma revolução será lembrada muitos anos depois.

Há noites em que você vai deitar bem e acordará pela manhã muito mal, parecendo mais que esteve em uma guerra. Em algum momento, a gente percebe que consegue deixar cada sílaba repleta de persuasão e isso pode nos levar muito longe, mesmo que cause exaustão. Primeira tarefa é essa enquanto segura minha mão: dominar o fogo. Nada poderá estar fora do ponto, um orgulho desmedido. Bem-querer. 

 

One Reply to “Faladurias”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: