Como começar o dia

Um pouco de carne, um pouco de respiração, um pouco de água.

Me faz envelhecer antes de ser velha, esse caminhar pra dentro, corações quebrados (ainda que gentilmente). O que é essa sensação? Uma brisa; não é nem o mesmo vento, dado que a cada momento é fumegado e transpirado novamente. Eu tenho grandes expectativas, como todos nós, pois se tem que controlar completamente cada pequeno detalhe, bem como toda a história do início ao fim.

É preciso assegurar-se da nova pele, dos novos sulcos, dos novos nós. Novos calos, calem-se. Calemo-nos nos pés. Na preparação, você pode explorar tanto quanto você quiser e você pode ter tantas perguntas a fazer e decisões para descobrir.

Mas a poesia é utilitária!  Essa não é uma resposta. Não há nenhuma resposta. Há quanto tempo não houve resposta? Enquanto eu me lembro.

Eles se amam carinhosamente.

photo5098284123935582140

 

 

Anúncios

Ressoa

Estamos caminhando pela cidade, nós andamos como fantasmas negras. Como se repara uma parte da louça quebrada? Você não conseguia me ouvir, estava muito ocupado gritando com o sol. O sol está muito brilhante para se viver, dizia.

Acho que percebi que estou mais em paz do que penso que estou, ou do que tenho estado nos últimos anos. Há mais de uma qualidade zen sobre as coisas em mim, de certa forma. Você basicamente foi uma espécie de ser interessante em espaços contidos. O que se descobriu sobre si mesmo, apenas sendo lá, foi frágil, poderoso e suspenso nas lacunas. Eu quero pegar sua pele e então você poderá me sentir correndo por suas veias quando estiver caminhando.

Eu me segurei nas minhas coisas, tão amarrado. Eu quis tocar você, deixe-me continuar como se fossem bolhas de espuma ao sol, deixe-me permanecer nas mãos, corpo e pulso, lenços encardidos. Ponha as mãos nos meus bolsos de trás, retire os pequenos objetos mesmo sem o meu consentimento e coloque-os sobre a mesa – bolas e insetos que se arrastam. Seja gentil. Ainda tenho conseguido correr ao redor do quarteirão, vez ou outra, ver as pessoas novas e novas, novas e velhas, alguma canja de galinha, galanteios que fazem cócegas na cor azul e um xale velho xadrez.

E de cá, muita resposta vaga, pois eu não sei e não sei e me agarro a isso pois é preciso. Mas o sorriso me acontece.

IMG_20170826_114614739.jpg

Porque tem dia que tem

Muitas pessoas pensam ou acreditam ou sabem que sentem – mas isso é pensar ou acreditar ou saber; não sentir. E talvez por se estar sentindo – não sabendo, nem acreditando ou pensando – apenas esteja triste. Um jogo paciente que não consigo achar meu jeito de jogar. É apenas uma questão de saber quando dizer não ou sim.

Deixe seus planetas colidirem, disponha-se a esta conversa. Se eu digo brilho é porque nada é tão fácil quanto usar palavras como se outra pessoa fosse. Todos nós fazemos exatamente isso quase o tempo todo – e sempre que o fazemos, não somos poetas. Este é um escurecimento da minha mente, se agora poderíamos estar estocando os últimos dez centavos ou planejando alguns crimes, poderíamos.

Eu conheço um lugar onde eu posso voar, criar peixinhos e talvez desenhar um plano, colecionar algumas xícaras sem par, cervejas.

Se você quer apreender o som não precisa de uma reserva, você deveria estar dormindo noite e dia naquela hora. Eu estou bem acordada, sentindo-me derrotada e é para para queimar algumas das sensações de ser solúvel, afinal de contas. E enquanto eu fiquei parada, senti um arrepio, pensei que talvez você também. Quisesse sentir isso como um caminho para um sempre incluído.

E é por isso que se você estiver olhando para mim, vou tentar aguentar o tranco.

22070244_2354292944796364_631485287_o.jpg

 

 

Sempre se faz sentir

Se eu perder você na rua, se eu perder você na rua à noite, venha aqui, volte. Sinta-se por fazer, quebre a cabeça, feche a porta de aço preto, quebre meu pente. Se levante, nas colinas altas eu não negocio, eu posso, posso andar com você?

Quanto tempo leva para deslizar de volta no tempo, quanto do tempo que muda e não muda, gravado no loop automático é necessário para…, talvez sejamos de ferro. Não faça barulho, tenha o tempo necessário para deslizar-se de volta, diga o que se diz costumeiramente. Para desfazer-se para trás, espere. As perguntas dizem que eu gosto de você, principalmente tarde da noite, talvez mais na pequena manhã. Mantenha-me apertada, segure firme, segure-me apertado como uma urdidura colorida.

Pois eu talvez goste de você principalmente no meio da tarde, quebre minha mente, faça chover no meu quarto, seja doce e sonolento. Eu voltarei a rebobinar, se eu voltar novamente, eu esqueci, não me lembro mais, ritmo e conhecimento, se eu retroceder, todas as cores de você desbotarão.

Olhando nos seus olhos, olhando nos seus olhos, eu posso me lembrar, nós podemos três vezes mais. Mantenha-nos juntos, mantenha-nos juntos. No tempo que corre para trás você pode ser eu, nadar os dias como televisão e videos cassete. O rosto pedra, palavra pedra, é tudo que eu deveria esperar de você? Esfregue-se rapidamente da poeira, é o novo passado que o mantém como se o novo passado te abraçasse.
Apenas lembre-se de contato, boom, contato, é o caminho, seu primeiro, seu último no tempo entre em contato, agite-o, não vá vagar em mim, não fique vago em mim.

21931782_2351339481758377_266827652_o (1)

O lado mais bonito

Imediatamente em vários lados vê claramente na imagem refletida,  cujos traços faciais flutuam entre o susto repentino e o vazio ausente, uma vontade de vermelho. Uma cor que mais respira para você do que a vida. Ela parece envergonhada de sentir a energia que penetra no seu corpo flácido, entregue. Está prestes a avançar de muitas e variadas formas.

Qualquer um que não conheça apenas os frequentadores ocasionais daqueles becos, não se surpreende ao ver os desenhos orgânicos coloridos pregados nos postes. Os conflitos domésticos sempre formam o contexto. Quem regularmente transitava por aquele bairro, fazia as vestes de figuras longilíneas, dessas que se imagina que buscam sempre o que produz prazer e evitam o que é aversivo. Aos desavisados tudo seria desleixo ou formas personificadas de algum tipo de câncer social. Na maioria das biografias, a ausência apareceu apenas esquemática. Razão suficiente para que o romancista noturno encontre a estadia solitária no coração de uma multidão. Como foi chamada, 45 anos depois, a esquina Rei das Copas Brilhantes, de alguma forma consegue sempre tirar as coisas do lugar, num outro espaço tempo. Porque de vez em quando, ali era um lugar onde se perde a cabeça. Uma espécie de abandono, uma espécie de ausência. 

Todos os dias cruza com um homem vestido de armadura, que segura um copo, como se oferecesse a alguém na frente dele. Avante! Parece que encontrou o equilíbrio perfeito entre perseguir o seu imaginário e fazer o que é certo. Segue empobrecida para o temporariamente seu quarto gasto, sabe que algo em seu corpo deva ser removido, seja um dente ou outra parte, e será substituído por uma peça artificial. Incompletude, insuficiência, talvez remoção necessária para uma nova identidade.

Sem as barras delimitantes e as figuras que se confundem com a arquitetura, o visitante noturno e o famoso Cavaleiro Duvidoso se perderiam. Graças a quem segura os bulevares onde passam carros esportivos, lá se encontra momentos curtos de esquecer o trabalho para ser um artista de um século.

Desejo, fogo, pensamento, alegria – recita, apertando os dedos das mãos nos pequenos nós até doerem as articulações. Oração diária.

IMG_20170820_133218062.jpg

A frieza do cotidiano

Às vezes, se precisa sair desse mundo e ser um pouco outro corpo. No grande acúmulo de poeira, eles mantêm os gestos nervosos guardados dia e noite por coelhos brancos enjaulados, maciez assustadora. Vamos gritar a necessidade de entender as razões que não são nossas, vamos assombrar e ficar com a cara para baixo em um pedaço colorido da úmida íris.

Sente-se, aproveite a nossa refeição étnica, coma em algumas feiras carroçadas e experimente uma medalha brilhante quando estiver em estado de sorriso no espelho. À medida que as câmeras clicam e fazem grandes negócios felizes, saiba que você acabará por governar as colinas: apenas roube um avião de combate.

Mas você está cansado, assim como um proletário. Pegue um ônibus sujo e mantenha-se limpo para a viagem. Recoste a cabeça no topo do sofá quando for já bem tarde, e tente se afastar esta noite. 

Estou me sentindo sem coração, estou me sentindo odiosa. Você se move como se eu quisesse consumi-lo com os olhos e água quente.

Hoje a noite, eu sinto o sentir mais, você respirou, então você parou, eu respirei, depois respirei você. E esta noite, hoje à noite, aquela noite, eu devo ignorar o bastante óbvio.

Esta noite será melhor tirar os sapatos e descascar alguns tomates.

IMG_20170826_115028742.jpg

Deve ser um alívio sair sem ser fotografado

Quando eu vejo você tão céu quanto eu poderia imaginar, não da maneira que explode as nuvens, me faz querer tentar. Cada um de nós, com efeito, por pouco que se observe a própria consciência, quis desistir em algum momento. Bem, eu gosto de fazer viagens que estão fora do caminho, essas experiências de cinco estrelas em movimentos de várias intensidades, ora violentos e tumultuosos, ora calmos e regulares da nossa própria vontade. Às vezes o que sinto começa a se misturar com a realidade. De repente, há uma estranha linha borrada que desaparece e começa a cercar sua vida de uma maneira muito real e rara. Isso não aconteceu comigo muitas vezes.

Não quero caos, eu realmente quero ordem. Eu realmente quero isso muito bem, talvez uma nesga do éden, e sessenta e seis dias de prazo para que eu consiga criar um novo hábito.

Elementos próximos tendem a formar uma imagem única, tentemos enxergar o simples. Completemos instintivamente os abstratos espaços vazios para que sejam compreendidas pelo nosso olhar. Deficiente, eu posso estar bem sim. Eu acho que não é um bom dia para morrer hoje, sussurra. Você sabe que eu sinto vontade de voar, onde as estrelas brilham, eu espero que eu possa ser assim, querido.

É cada pequena coisa em seu lugar natural sim.

IMG_20170919_112213_399.jpg